Data de publicação:

Este material traz uma comparação entre as fisiologias de plantas C3 e C4 e como esses mecanismos influenciam na absorção fotossintética das plantas.

A fotossíntese é o único processo conhecido pelo qual alguns organismos conseguem sintetizar compostos carbonados a partir da fixação de moléculas de CO2 e liberação de O2, utilizando a radiação solar como fonte de energia e a água como doador de elétrons.

As plantas dispõem de diferentes mecanismos para esse processo, como os ciclos fotossintéticos C3 e C4, que conferem às mesmas diferenças na eficiência em fixar carbono e na sua reação ao ambiente em que se desenvolvem, especialmente temperatura, luminosidade e disponibilidade hídrica.

Compreender a eficiência fotossintética de espécies de plantas importantes para a produção de alimentos, energia e fibras, como algodão, cana-de-açúcar, milho e soja, é sem dúvida um dos alicerces para a construção de um sistema produtivo mais eficiente e sustentável.

Os objetivos desse trabalho foram comparar as curvas de resposta à luz, taxa fotossintética, carbono interno, transpiração, condutância estomática, temperatura foliar e eficiência de uso da água de espécies agronômicas C3 (algodão e soja) e C4 (milho e cana-de-açúcar). Esses parâmetros foram mensurados em plantas oriundas de cultivos comerciais dessas 4 espécies utilizando um equipamento IRGA - LI-6400®.

Nossa hipótese inicial foi de que as plantas com metabolismo fotossintético C4 seriam mais eficientes em fixar carbono e no uso da água.

Os resultados obtidos mostraram claramente a formação de dois grupos, representados por soja/algodão de um lado e milho/cana-de-açúcar de outro, com relação aos parâmetros mensurados.

De forma geral, o milho e a cana-de-açúcar (via fotossintética C4) apresentaram menor ponto de compensação, maior taxa fotossintética e maior eficiência de uso da água em comparação com a soja e algodão (via fotossintética C3), mostrando que, sob alta luminosidade e à temperatura de 25ºC, as espécies C4 apresentaram maior capacidade de fixar carbono e foram mais eficientes no uso da água.


Compartilhar
4,4
starstarstarstarstar