Modo de aquisição da dose do inseticida

Data de publicação:

 

Para que o inseticida proporcione uma resposta biológica na praga-alvo é necessário que a concentração mínima da substância seja adquirida por ele. Tais concentrações são inicialmente estabelecidas em ensaios de laboratório chamados de bioensaios. Assim, o efeito biológico de um inseticida e outras classes de produtos é dose-dependente. Isto é avaliado em bioensaios de laboratório, onde a resposta é medida ao longo de uma curva de doses entregues individualmente aos organismos alvo.

Pela análise desta curva de dose-resposta, pode-se fazer uma estimativa da dose letal mediana (DL50) de um pesticida para um grupo de organismos, isto é, a dose exata que mataria 50% de uma população da praga teste.

Outros níveis de resposta podem ser também estabelecidos, como LD10 e LD90 (dose para proporcionar 10% e 90% de controle, respectivamente). Mas o DL50 é um dos mais utilizados porque representa o ponto no qual a dose pode ser estimada com maior precisão.

 

Contato direto
(dorsal)

O contato direto com os depósitos é um a forma de aquisição relativamente pouco efetivo.

 

 


Contato secundário
(Tarssal - contato com o resíduo)


A caminhamento da praga sobre os resíduos dos inseticidas na superfície é uma forma de aquisição que ganha mais importância, principalmente no caso de inseticidas de contato pouco móveis. Na prática inseticidas de contato devem ser aplicado com uma boa cobertura da planta para otimizar o contato com a praga.


 

Ingestão

A ingestão se apresenta como a principal forma de aquisição. Lagartas podem adquirir produtos de contato pelo consumo de folha. Já os sugadores, devido ao seu hábito alimentar, adquirem mais eficientemente produtos sistêmicos que são absorvidos e translocam para o interior dos tecidos.

 


 

Fumigante

A ação fumigante é especialmente útil para o controle de insetos de armazenamento e pragas que não entram em contato direto com os depósitos inseticidas.

 


 

Repelência

Repelência tem sido uma estratégia promissora para inseticidas botânicos como extratos de plantas. A limitação pode estar na curta duração dos depósitos na superfície das plantas. O óleo de Neem a base de azadiractina é um exemplo de produto bastante utilizado que tem ação de repelência.

 



Atrai e mata

O conceito de atrair e matar (onde um inseticida é misturado com um atrativo) tem sido estratégia de sucesso em alguns casos, como por exemplo no controle da mosca-das-frutas em pomares.

 

 

 

Compartilhar
4,8
starstarstarstarstar